Brasil

No Brasil, especialmente nos últimos anos, a Igreja tem voltado seus olhos para o que chamamos de “povos minoritários”, aqueles que têm sido de alguma forma negligenciados pela grande maioria dos crentes. Ainda que haja algum esforço para alcançá-los, o desafio continua grande e exige de nós uma atenção especial. Paulo, ao escrever aos Romanos, estava preocupado em não gastar sua energia na evangelização daqueles que já haviam escutado a mensagem de forma farta, mas colocava seu foco nos que ainda não conheciam a mensagem da redenção.

Da mesma forma, precisamos nos atentar para o fato de que, mesmo em solo brasileiro, temos alguns segmentos que, historicamente, têm sido deixados à margem dos grandes esforços evangelísticos. Veja uma breve lista:

  1. Indígenas (cerca de 120 etnias foram pouco/não foram evangelizadas);
  2. Ribeirinhos (aproximadamente 10 mil comunidades ainda não foram alcançadas na Amazônia);
  3. Quilombolas (quase 2.500 comunidades certificadas, a maioria sem presença evangélica);
  4. Ciganos (estima-se em quase 1 milhão no Brasil, ainda com pouquíssima presença missionária);
  5. Sertanejos (a zona rural nordestina chega a ter menos de 2% de evangélicos);
  6. Refugiados e imigrantes (chegando aos milhares no Brasil nestes últimos anos, mostram-se abertos à ação da Igreja);
  7. Surdos (aproximadamente 3 milhões, dentre os quase 10 milhões com alguma deficiência auditiva, com apenas 1% convertido a Cristo);
  8. Os mais ricos dos ricos e os mais pobres dos pobres (por causa da condição financeira, são de difícil acesso ou há pouco interesse na sua evangelização).

Temos trabalhado em algumas dessas frentes e nosso desafio é fazer com que muitos de nós respondam ao chamado missionário, não só para partir rumo às nações, mas a fim de buscar os não alcançados também de perto.

Quer se envolver? Apoie um de nossos projetos no Brasil

Mundo

Povo não alcançado: Um grupo de indivíduos no qual não há uma comunidade nativa de crentes (cristãos) capazes de evangelizá-lo. Muitos destes grupos não tem conhecimento de quem é Deus. Não conhecem a Jesus (seu Filho) e desconhecem a necessidade de salvação. Alguns destes grupos não tem sequer uma estrutura de linguagem escrita formada, não lêem nem escrevem em seus próprios idiomas. Já outros possuem uma bem dividida estrutura social, dominam a escrita e possuem uma forte e milenar estrutura religiosa. (Descrição por: Jocum Brasil)

Etnia (Ethnos): Na língua grega significa “nações”. Em Mateus 28:19 esta palavra tem um um sentido de povos, etnias, e não um estado geográfico (país): “Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo”.

Os mais e os menos alcançados

Abaixo seguem algumas estatísticas do site Joshua Project (Projeto Josué), que ajudam a entender, de forma geral, onde o evangelho tem sido muito pregado, e em que lugares há escassez de obreiros. Ao final, há links para você fazer sua própria pesquisa e obter mais informações importantes.

  • Há 7,47 bilhões de pessoas no mundo, e 7,1% delas se declara evangélica.
  • O Brasil está entre os 25 países mais evangelizados do mundo, sendo 24,7% da sua população protestante / evangélica.
  • Os três países mais evangelizados da América do Sul são: Brasil (24,7% de evangélicos), Chile (18,1%) e Guyana (15,8%).
  • Os três países menos evangelizados da América do Sul são: Guiana Francesa (5,5% de evangélicos), Uruguai (6%) e Paraguai (6,9%).
  • Os dois continentes mais evangelizados (com maior porcentagem de sua população evangélica) são: América do Norte (20,1% da população) e Oceania (20%).
  • Os dois continentes menos evangelizados são: Europa (2,7% da população) e Ásia (2,8%)
  • Os três países mais evangelizados do mundo (com população superior a 1 milhão de habitantes) estão na África Subsaariana: Quênia (sendo 43,6% da população evangélica), Uganda (34,6%) e República Centro-Africana (33,7%).
  • Os países a seguir apresentam 0,0% de evangélicos: Yemen, Saara Ocidental, Turquia, Tunísia, Somália, san Marino, Marrocos, Maldivas e Afeganistão, sendo a maioria deles localizadas no Norte da África ou no Oriente Médio.
  • Os cinco países com maior número de grupos étnicos (etnias) não alcançadas pelo Evangelho são: Índia (2.276 povos / grupos étnicos não alcançados), China (447), Paquistão (386), Bangladesh (292) e Nepal (263 etnias). Com exceção da China, todos estes países estão no Sul da Ásia.

Para obter mais dados, acesse (site em inglês):
https://joshuaproject.net/people_groups/statistics
https://joshuaproject.net/people_groups/statistics#Lists

Informações em português (limitadas):
https://legacy.joshuaproject.net/international/pt/unreached.php

Venha fazer parte do que Deus tem feito no mundo!