Tradução da Bíblia em Papua Nova Guiné

A Papua Nova Guiné é um país multiétnico, plurilíngue e multicultural que fala 834 línguas possui diversos povos espalhados nas ilhas, praias, terra firme e nas montanhas. Ainda representa um dos maiores desafios do mundo no tocante à tradução da Bíblia e à evangelização. Pelo menos 280 línguas precisam de uma iniciativa de tradução da Bíblia e outras tantas precisam de pesquisa. O projeto de Papua, com os missionários Alessandro e Raquel, há seis anos auxilia na redução do número de línguas sem a Bíblia no país, apoiando na alfabetização em línguas maternas, na Tradução da Escrituras, na preparação de liderança, tradutores e educadores nacionais, na capacitação de discipuladores nas comunidades alcançadas. Isso é possível graças à grandes parcerias estabelecidas. O objetivo-chave do projeto é a coordenação, capacitação e empoderamento de Papuenses na tarefa de tradução da Bíblia e alfabetização, através de treinamento apropriado para tradutores e educadores da língua em que são falantes nativos.

Pós Pandemia: Os trabalhos junto à comunidade Maiwala puderam retornar na segunda semana de julho. Estamos indo até o local somente duas vezes por mês devido a continuidade da quarentena. Os casos do vírus começaram a crescer nos meses de julho e agosto e já somam mais de 100 casos, pela graça de Deus, somente duas mortes confirmadas. As viagens dentro do país ainda continuam restritas e as internacionais estão fechadas. Somente cargas tem entrado e saído do país e alguns papuenses podem retornar para a Papua depois de fazerem o teste e de ficarem em quarentena. Durante este período, as tradutoras trabalharam cada uma em sua casa. Fizeram muitos rascunhos de Mateus, Romanos, João e alguns outros livros. Como recentemente elas puderam se reunir de novo, retomaram a verificação de Lucas junto à comunidade e estão fazendo a retro tradução dos textos que já foram verificados e aceitos pela comunidade. No último mês, Deus recolheu o primeiro tradutor Maiwala. Ele já estava muito enfermo e não conseguiu mais lutar contra sua enfermidade. Ele foi quem começou a tradução do livro de Marcos e também de Jonas. Ele conseguiu ter em suas mãos o livro de Marcos pronto. Isto foi muita alegria em seu coração! E Deus tocou no coração de mais duas outras mulheres para se juntar ao time de tradutoras e um homem também se comprometeu com o grupo. Agora somos 12 no time de Maiwala! Suas orações têm sido vitais para que o trabalho continue mesmo em meio a esta pandemia.

Família Nunes

Missionários SM em Papua Nova Guine

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *